quinta-feira, 27 de março de 2008

sábado, 22 de março de 2008

Diamante-Mandarim

Mandarim Macho

Mandarim Fêmea

O mandarim ou diamante-mandarim (Taeniopygia guttata) é um pequeno passeriforme, membro da família Passeridae. Este pássaro é originário da Australásia e é nativo da Austrália, Timor e Indonésia. Ocorre também em Portugal e nos Estados Unidos como espécie introduzida.
O mandarim é uma ave de pequeno porte, com 11 a 12 centímetros de comprimento. São aves muito gregárias e, na Natureza, nunca estão longe do resto do bando ou do seu parceiro.
Os mandarins são brancos na barriga e cinzento mosqueado de preto no dorso e asas. A cauda é preta e branca. O bico é vermelho vivo. O mandarim macho se diferencia da fêmea por possuir manchas alaranjadas ou castanhas abaixo de cada olho. As fémeas têm em geral o bico mais claro e os juvenis têm o bico marrom-escuro quase negro.
Na Natureza, o mandarim alimenta-se de sementes.

O mandarim é uma ave de fácil criação, indicada para criadores que estejam iniciando.
Sua alimentação em cativeiro consiste em painço, alpiste, verduras (exceto laranja), sendo as preferidas almeirão, couve, escarola, alface, chicória e espinafre, mas existem várias outras misturas usadas pelos criadores.
A reprodução se inicia aos cerca de 3 a 4 meses, entretanto, o ideal é permitir o acasalamento depois dos 9 meses de vida. Põem de 4 a 6 ovos, que eclodem em cerca de 12 dias. Após cerca de 2 semanas já se alimentam sozinhos e aos 18 dias começam a voar. Logo em seguida o casal começa a preparar um novo ninho para outra postura.
No Brasil a postura desta ave vai do período entre Março e Dezembro.
Vivem aproximadamente 8 anos.

Texto retirado de: http://pt.wikipedia.org/wiki/Mandarim_(p%C3%A1ssaro)

sexta-feira, 14 de março de 2008

Primeiras Crias!!!


Pois é!!! Já começaram a nascer os primeiros filhotes de Periquito! Este ano pus os ninhos na gaiola em Fevereiro e eles não perderam tempo! Já existindo quinze ninhos todos ocupados. Fenómenos também cá há! Querem saber que fenómeno? Pois bem, já é pela segunda vez que deparo que um dos ninhos é ocupado por duas Periquitas ao mesmo tempo! Ah pois é!!! Duas Periquitas irmãs, que desde o ano passado criam no mesmo ninho! Havendo por vezes doze filhotes todos juntos! E acabam por se criarem todos! Não é um fenómeno? Pois eu acho que sim!!! O ano passado sempre pensei que fosse um lapso delas, embora tenham criado o ano todo juntas! Mas esse fenómeno este ano repetiu-se!

sexta-feira, 7 de março de 2008

Lugres (Carduelis Spinus)

Em tempos quando caçava Pintassilgos, Pintarroxos, Serinos e Verdilhões, via estas pequenas aves pousadas nas sementes, muito calmas e atraentes. Tão calmas que quase as apanhava à mão! Um célebre dia acabou por cair uma no alsapão dos Serinos, que por acaso era uma fêmea. As fêmeas são um pouco mais escuras. A partir daí fui investigando e descobri o nome o seu habitat, etc; tudo o que se relacionava com estes pequenos Lugres! Estas aves habitam na minha região pela altura do Inverno. São aves muito dóceis e com um canto agradável. Tive várias. Mas a que mais me marcou foi uma que tive, um belo macho, que a soltava dentro de casa e ela só pousava de cima da sua própria gaiola!!! Podem ser alimentadas por sementes para Canários, ou mesmo até sementes para Periquitos! Devemos ter sempre à sua disposição, areia e água fresca! Para quem quiser , também poderá juntar machos com Canários fêmeas, para procriarem híbridos!

domingo, 2 de março de 2008

Criar Caturras à mão!!!




video

Criar aves à mão pode dar muito trabalho, mas vale a pena! Tornam-se aves muito dóceis! E o seu trabalho mais tarde irá ser recompensado com os mimos que a sua ave lhe irá dar!